4 benefícios da diversidade no desempenho das empresas (incluindo a sua)

De 2020 para cá, a diversidade nas empresas (um assunto que já vinha sendo discutido nos anos anteriores), ganhou ainda mais força. No Brasil e no mundo, protestos contra discriminação, racismo e sexismo invadiram as ruas.

O movimento que vimos se espalhar principalmente depois de denúncias de casos de racismo fez o meio corporativo se inserir na luta. Vendo a necessidade de abordar o tema, tópicos relacionados à inclusão, diversidade e equidade entraram na pauta de executivos e donos de negócios.

Hoje, a discussão sobre o impacto da diversidade no desempenho das empresas está com tudo e é sobre isso que queremos falar com você neste post. Boa leitura!

O que dizem as estatísticas

Que a diversidade ocupa um lugar importante no contexto atual de transformações regulatórias, digitais e sociais, não se discute. Mas, para comprovar, compartilhamos algumas estatísticas.

Como relatado neste artigo publicado no site Risk Management Magazine, um estudo de 2019 conduzido pela McKinsey & Company confirmou que as empresas no quartil superior para gênero, diversidade étnica e cultural em sua equipe executiva têm 25% mais probabilidade de obter lucratividade acima da média e superar o EBIT (lucro antes dos juros e tributos) em comparação com as empresas no quarto quartil.

O mesmo texto aborda os benefícios da diversidade no desempenho das empresas pelo olhar do conselho de administração. Eles explicam que CAs cuja composição reflete mais de perto a demografia da população em geral estão mais aptos a alcançar com mais eficácia os principais tomadores de decisão entre seus clientes.

“Por exemplo, no Reino Unido, 80% das decisões de compra são feitas por mulheres. Em 2025, a McKinsey estima que as mulheres possuirão 60% de toda a riqueza pessoal e controlarão £ 400 milhões (US $ 546 milhões) a mais por semana em gastos do que os homens”, cita o texto.

Sobre a representatividade das mulheres nas cadeiras executivas, na pesquisa intitulada “Diversity wins: How inclusion matters”, também da McKinsey, descobriu-se que quanto maior a representação, maior a probabilidade de desempenho superior.

Segundo o relatório, “empresas com mais de 30% de mulheres executivas tinham maior probabilidade de superar organizações em que esse percentual variava de 10 a 30 e, por sua vez, essas empresas tinham maior probabilidade de superar aquelas com ainda menos mulheres executivas, ou mesmo nenhuma”.

Como você pode ver, pesquisas e estudos destacam uma ligação entre diversidade e desempenho. Para continuarmos com a reflexão, a pergunta é:

Quais são os benefícios da diversidade no desempenho das empresas?

4  benefícios da diversidde nas empresas
Diversidade em gênero, idade, etnia, raça, cor, orientação sexual, religião

A presença de um time diverso faz com que empresas de todos os setores melhorem nas frentes de:

1 – Tomada de decisão e inovação

Vamos imaginar uma situação de tomada de decisão em uma equipe (seja de projeto, gestão ou qualquer equipe de trabalho). Independentemente de essa decisão ter que ser tomada formal ou informalmente, quanto mais diversificação de opiniões houver, mais existirão alternativas a serem exploradas.

Nessa situação, a vantagem da diversidade no desempenho das empresas se dá na resolução de problemas de forma mais eficiente e com maior confiança. O artigo publicado no site Risk Management Magazine traz ainda que os gerentes que trabalham em problemas difíceis geralmente reúnem uma equipe diversificada para desafiar uns aos outros e melhorar a qualidade de seus resultados. Citando o texto:

“… A presença de mulheres e membros de minorias em uma equipe de liderança aumenta sua capacidade de resolução de problemas, pois cada uma delas contribui com perspectivas de suas diferentes origens e experiências. Líderes com diversidade étnica e de gênero fornecem às empresas um conjunto diferente de ferramentas de solução de problemas, pensamento e soluções”.

2 – Gestão de talentos

A diversidade no desempenho das empresas, quando discutida no âmbito da gestão de talentos, pode ajudar a organização a chamar a atenção deles (e tão importante quanto atrai-los: retê-los). Além disso, muitas empresas atestam que políticas de diversidade comunicadas, explicadas e, claro, efetivamente implementadas, contribuem para o engajamento dos funcionários.

Lembre-se ainda que os talentos de hoje prestam grande atenção à política de não-discriminação. Uma organização que é capaz de tornar consistentes o discurso externo e a política interna, contará com colaboradores demonstrando mais motivação, orgulho e, portanto, um maior senso de pertencimento.

3 – Desempenho financeiro

Não podemos deixar de citar a melhora no desempenho financeiro como benefício da diversidade no desempenho das empresas. A pesquisa da McKinsey & Company, bem como outros dados que compartilhamos, corroboram os benefícios nos ganhos financeiros. Da mesma maneira, conforme o artigo no site Risk Management (RM), quanto maior a representatividade, maior a probabilidade de desempenho superior.

Uma informação interessante trazida pelo RM é que as empresas diversificadas e inclusivas estavam mais bem posicionadas para criar equipes mais adaptáveis e eficazes e se recuperar mais rapidamente da crise sanitária. De fato, segundo esta pesquisa da Deloitte, organizações com uma cultura empresarial inclusiva têm:

  • Duas vezes mais chances de exceder as metas financeiras;
  • Seis vezes mais chances de serem inovadoras e ágeis; e
  • Oito vezes mais chances de obter melhores resultados de negócios.

4 – Orientação para o cliente

A base de clientes também está se diversificando. Isso exige que a empresa se atente às expectativas específicas de determinados segmentos de mercado. Colocando em outros termos, as organizações precisam pensar em estratégias orientadas ao público-alvo.

Um exemplo trazido no texto do Risk Management Magazine é que, ao considerar as opções para funções de liderança, muitos setores agora estão assumindo a perspectiva de que as salas de diretoria e executivos devem refletir as pessoas a quem servem.

Ao terem uma estratégia orientada para os clientes as organizações formam um vínculo mais estreito e consistente com clientes de diferentes origens. Além, claro, de se relacionarem melhor com eles, alcançando, por fim, os principais tomadores de decisão de compra.

Concluindo

Neste texto falamos sobre os benefícios da diversidade no desempenho das empresas. Mas é preciso lembrar que antes de pensarmos em quanto a lucratividade aumentará, os talentos serão retidos, o cliente ficará mais satisfeito ou as tomadas de decisão serão mais bem conduzidas, tratar da inclusão racial, de idade, de gênero e outras, é antes de tudo uma questão de humanidade.

Como escreveu Antoine de Saint-Exupéry em Cidadela, “se você difere de mim, meu irmão, longe de me prejudicar, você me enriquece”.

E para complementar mais sobre o benefício da diversidade no desempenho das empresas, não deixe de ler:

Este post foi útil? Compartilhe-o com seus colegas. Para mais conteúdo como este, e para ficar por dentro de boas práticas da gestão de negócios, visite o Glicando, o blog da Glic Fàs.

Créditos imagem principal: Pixabay por Gerd Altmann.

Créditos imagem principal: Pixabay por Coffee Bean.

0 respostas

Deixe uma resposta

Quer entrar na discussão?
Sinta-se livre para contribuir!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Contate-nos

Patricia C. Cucchiarato Sibinelli
  • Diretora Executiva
  • Mentoria em gestão de negócios.
  • Tel: (11) 9 9911 0274
Silvio Luiz Zen
  • Diretor Executivo
  • Mentoria em Gestão de Negócios.
  • Tel: (11) 9 9999 6564